ATUAÇÃO EM TODAS AS AREAS DO DIREITO

Assessoria, Consultoria e Atuação Jurídica e Administrativa completa.
Direito do Consumidor; Direito Bancário; Direito Civil; Direito Tributário; Direito de Família; Direito Criminal; Direito Internacional; Direito Civil e Contratos; Direito Trabalhistas; Direito Empresarial; Direito Previdenciário; Direito das Sucessões e Inventários; Direto Eleitoral; Direito Publico e Administrativo.

Prestamos atendimento e Assessoria Jurídica nas cidades de Chui, Santa Vitoria do Palmar, Rio grande, Pelotas e Pedro Osório-Cerrito, com possibilidade de atuação em outras comarcas. Apresentamos recursos em todas as instancias judiciais.

E-mail: drhugojuridicozs@hotmail.com
Telefone Celular: 91188208- Telefone fixo: 53-32652072
( Horário Comercial- vinculado a Matriz no Município de Chui/RS)- 53-30251803 (H. Comercial- Pelotas/RS)
Celular Uruguaio: 092.484.153.
Horarios de Atendimento:
Segunda a Sexta das 9h as 12 h e das 14h as 19h
Sábados: das 9h as 12h
ESCRITÓRIO 01: Matriz HD Jurídico Chui /RS: Rua Peru 1.015 Chui/RS CEP 96255-000. Telefone (53)32652072
ESCRITÓRIO 02: HD Jurídico Santa Vitoria do Palmar/RS: Rua Barão do Rio Branco 549 CEP 96230-000
ESCRITÓRIO 03: HD Jurídico Pelotas: Rua Andrades Neves 2.565 CEP 96020-080. Telefone: (53)3025-1803
ESCRITÓRIO 04: HD Jurídico Pedro Osório- Avenida Alberto Pasqualini 55 Sala B-
ESCRITÓRIO 05: HD Juridico Rio Grande: Barão de Cotegipe 433- Centro- Sala 912- Edificio Porto de Gales





domingo, 27 de junho de 2010

GREVE ESTA PARA TERMINAR

O Jornal Agora, da cidade de Rio Grande, expos manchete no dia de hoje informando que a Greve da Justiça do Trabalho pode estar no final, para o bem de todos. Os processos na justiça do Trabalho onde atuo, na cidade de Santa Vitoria do Palmar e Rio Grande, estão parados, com serios prejuizos aos meus clientes. Ainda que a greve dos Servidores seja justa, o melhor para todos é uma pronta solução para o impasse.
Greve do Judiciário pode ter fim na próxima semana
A próxima semana deve ser definitiva para a greve dos servidores judiciários. As reuniões realizadas nos últimos dias dão andamento ao objetivo principal da greve, que é obter a aprovação do Projeto de Lei 6.613 de 2009, que propõe a Revisão do Plano de Cargos e Salários (PCS). Para ontem, 25, estava programado um encontro entre o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Cezar Peluso, e o presidente Lula.Nesta semana, o ministro Peluso encontrou-se com membros da Comissão de Trabalho, Administração e Serviço Público (Ctasp) da Câmara de Deputados. Está agendada uma reunião entre Peluso e o ministro do Planejamento, Paulo Bernardo, para tratar da possibilidade de parcelamento do PCS. É necessário ainda um acerto na Comissão de Finanças e Tributação da Câmara de Deputados.Conforme o servidor da Justiça do Trabalho, Júlio Berchon, em Rio Grande, os trabalhadores estão há 50 dias parados. Atualmente, 17 servidores da Justiça do Trabalho permanecem em greve. Cinco servidores voltaram ao trabalho. “A demora gera angústia. Por isso, algumas pessoas voltaram a trabalhar. A expectativa é de que na semana que vem já esteja definida a situação. Depois, o Congresso entrará em recesso e não terá mais como aprovar o projeto”, explicou.Berchon ressaltou que o atendimento ao público está suspenso. “Aqueles que precisam da Justiça já estão tendo prejuízos. Isso não é interessante para ninguém. Queremos que tudo seja acertado para podermos voltar ao trabalho. A nossa esperança é de que o projeto seja aprovado, pois a questão já está madura”, destacou.A greve tem adesão em todo o País. No Estado, de acordo com o Sindicato dos Trabalhadores do Judiciário Federal no RS (Sintrajufe), servidores de vários municípios estão em greve, como Porto Alegre, Alvorada, Bagé, Bento Gonçalves, Caxias do Sul, Cruz Alta, Gramado, Novo Hamburgo, Passo Fundo, Pelotas, Santa Maria, Santa Vitória do Palmar, Santana do Livramento, Uruguaiana, entre outros.

Nenhum comentário:

Postar um comentário