ATUAÇÃO EM TODAS AS AREAS DO DIREITO

Assessoria, Consultoria e Atuação Jurídica e Administrativa completa.
Direito do Consumidor; Direito Bancário; Direito Civil; Direito Tributário; Direito de Família; Direito Criminal; Direito Internacional; Direito Civil e Contratos; Direito Trabalhistas; Direito Empresarial; Direito Previdenciário; Direito das Sucessões e Inventários; Direto Eleitoral; Direito Publico e Administrativo.

Prestamos atendimento e Assessoria Jurídica nas cidades de Chui, Santa Vitoria do Palmar, Rio grande, Pelotas e Pedro Osório-Cerrito, com possibilidade de atuação em outras comarcas. Apresentamos recursos em todas as instancias judiciais.

E-mail: drhugojuridicozs@hotmail.com
Telefone Celular: 91188208- Telefone fixo: 53-32652072
( Horário Comercial- vinculado a Matriz no Município de Chui/RS)- 53-30251803 (H. Comercial- Pelotas/RS)
Celular Uruguaio: 092.484.153.
Horarios de Atendimento:
Segunda a Sexta das 9h as 12 h e das 14h as 19h
Sábados: das 9h as 12h
ESCRITÓRIO 01: Matriz HD Jurídico Chui /RS: Rua Peru 1.015 Chui/RS CEP 96255-000. Telefone (53)32652072
ESCRITÓRIO 02: HD Jurídico Santa Vitoria do Palmar/RS: Rua Barão do Rio Branco 549 CEP 96230-000
ESCRITÓRIO 03: HD Jurídico Pelotas: Rua Andrades Neves 2.565 CEP 96020-080. Telefone: (53)3025-1803
ESCRITÓRIO 04: HD Jurídico Pedro Osório- Avenida Alberto Pasqualini 55 Sala B-
ESCRITÓRIO 05: HD Juridico Rio Grande: Barão de Cotegipe 433- Centro- Sala 912- Edificio Porto de Gales





terça-feira, 29 de março de 2011

AVANÇA A LISTA FECHADA PARA ELEIÇÕES PROPORCIONAIS

29/03/2011 20h14 - Atualizado em 29/03/2011 21h34 Comissão do Senado aprova lista fechada para eleição proporcional No sistema, são eleitos candidatos definidos em lista do partido.Lista fechada deve fazer parte do anteprojeto da Reforma Política. Mariana Oliveira Do G1, em Brasília imprimir A Comissão Especial de Reforma Política do Senado aprovou nesta terça-feira (29) a adoção da lista fechada como sistema eleitoral para os cargos proporcionais - vereadores, deputados estaduais, distritais e federais. Com a aprovação na comissão, a lista fechada para as eleições proporcionais deve fazer parte do anteprojeto da Reforma Política que será apresentada para votação no Senado. A comissão aprovou o sistema por 9 votos a 7. Quatro deputados se abstiveram de votar. Outra comissão de Reforma Política na Câmara também está analisando o tema. O sistema de votação estava na pauta desta terça, mas a reunião foi adiada por conta da morte do ex-vice-presidente José Alencar. A reunião da Câmara foi remarcada para a próxima terça (5). saiba mais Comissão do Senado aprova fim de coligações em eleições proporcionais Sarney defende mandato de '5 ou 6 anos' e fim da reeleição no Executivo Atualmente, são levados em consideração todos os votos dados em candidatos do mesmo partido ou coligação. Com base na votação total, é definido o número de cadeiras por partido ou coligação. Com o novo sistema, o partido indicaria uma lista de deputados e o eleitor votaria na legenda. Os eleitos seriam declarados conforme a lista do partido. O sistema de lista fechada é defendido pelo PT. O PMDB, por sua vez, defende que os cargos proporcionais passem a ser como funciona hoje no sistema majoritário, ou seja, que sejam eleitos os deputados ou vereadores mais votados. Já o PSDB defende o voto misto distrital com lista fechada. Ou seja, metade dos cargos são definidos pelo voto do eleitor, que vota conforme divisão dos estados em distritos, e metade pela lista do partido.

Nenhum comentário:

Postar um comentário